Seg - Sex 07:00-20:00
Seg - Sex 07:00-20:00

bloqueio-celular-pirata2Em julho deste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) declarou que pretendia implementar o bloqueio de celular pirata no Brasil. Em novembro, a agência anunciou que a medida entra em vigor a partir de 2018.

Nós usamos nossos celulares para praticamente tudo. Não é à toa que a medida do bloqueio de celular pirata gerou muita apreensão: muitas pessoas ficaram em dúvida a respeito dos critérios do bloqueio adotados, além de não saberem como fazer para saber se os seus aparelhos corriam risco.

Neste guia, você encontra todas as informações essenciais a respeito do bloqueio de celular pirata pela ANATEL: quais modelos são considerados irregulares, como saber se o seu gadget corre risco e quando a medida entra em vigor. Confira:

 Quais aparelhos serão bloqueados?

 Para a ANATEL, os aparelhos piratas são aqueles que atendem a um desses critérios:

  • O aparelho não está homologado por ela própria para uso em território nacional;
  • O aparelho teve o IMEI adulterado.

O que é o IMEI e o que ele tem a ver com o bloqueio de celular pirata?

 O IMEI está para um celular como o chassi está para um carro. É um número de identificação, único e intransferível, que é atribuído ao aparelho e fica registrado na rede na primeira conexão feita por ele.

Quando um celular é furtado ou roubado, muitas vezes o dono pede o bloqueio do IMEI junto à operadora. Isso faz com que ele fique inutilizável.

Entretanto, há um grande mercado ilegal de desbloqueios irregulares. Os criminosos adulteram o IMEI e, deste modo, o celular volta a funcionar. Com a nova medida de bloqueio de celulares pirata, essa prática está com os dias contados.

Como saber se o meu celular é considerado pirata?

 No site da ANATEL, é possível descobrir se o modelo do celular está ou não homologado pela agência. Caso ele não esteja, pode ser que não haja motivo para preocupação: só serão bloqueados os aparelhos irregulares que entrarem na rede após a data oficial do início do bloqueio. O registro ficará “congelado” e aparelhos antigos continuarão funcionando.

Quanto ao IMEI, você pode descobri-lo abrindo o discador do seu celular e digitando *#06#. Se o número que aparecer for diferente do que consta na caixa ou na nota fiscal, isso significa que provavelmente houve adulteração.

 Comprei um celular no exterior. Corro o risco de tê-lo bloqueado?

 Com os altos preços dos smartphones no Brasil, muita gente aproveita as férias para adquiri-los no exterior, por um preço mais baixo. A pergunta é: eles serão bloqueados?

Se o seu aparelho foi fabricado por uma das gigantes do setor, você provavelmente não tem com o que se preocupar: se ele tiver sido registrado por uma organização participante da associação GMSA, não há problemas.

Serei pego de surpresa pelo bloqueio?

Não! A ANATEL começará a notificar os donos de aparelhos irregulares em fevereiro de 2018. O bloqueio acontece 75 dias depois do envio da primeira notificação.

Além disso, a agência estabeleceu um cronograma por regiões. O bloqueio a partir de 9 de março vale apenas para Goiás e Distrito Federal. Os prazos das demais regiões estão no site da ANATEL.

Fique por dentro de tudo o que acontece no mercado tecnológico com a TND Brasil. Temos soluções completas de TI para sua empresa, com gerenciamento avançado de capacidade para transformar seu ambiente computacional bem flexível, com desempenho, eficiência e confiabilidade. Solicite um orçamento. Acesse: http://www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

Leave a Reply