Main menu

(11) 3717-5537

(11) 3090-5537

Imagine: internet 1.000 vezes mais rápida que a banda 4G

21/04/2014
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

velocidade-da-internet

Com a proposta de trazer ao mercado uma tecnologia capaz de aumentar o desempenho da internet móvel em até 1.000 vezes comparada à banda 4G atual, a empresa Artemis, com sua sede na Califórnia, nos Estados Unidos, trabalha em um projeto baseado na chamada tecnologia pCell que promete velocidades para wireless (redes sem fio) oferecendo taxa de dados full-speed para todos os dispositivos móveis ao mesmo tempo, independentemente de quantos usuários estão compartilhando o mesmo espectro de uma vez.

O equipamento utilizado para a pCell tem o mesmo tamanho de um roteador comum, e sua aplicação é de substituir as antenas de telefonia celular convencional das empresas de telecom, que no momento disponibiliza locais de cobertura divididos em regiões denominadas de células, onde cada uma delas cobre uma área de modo adjacente à outra, e quando há simultaneamente um número excessivo de aparelhos utilizando a mesma célula o sinal da rede passa a ficar intermitente com consequentes chamadas de voz não completadas e lentidão no tráfego de dados.

A tecnologia pCell deve amenizar estes problemas, em que todos nós já nos deparamos, através de um sistema inovador de células dinâmicas com uma combinação de sinal para que cada dispositivo obtenha uma conexão à rede de forma dedicada. Mesmo que seja de pequeno porte e não disponibilize a mesma potência das antenas de telefonia celular, apresenta baixo custo e permite o seu uso em grande escala.

O pCell possui a facilidade de instalação em todos os lugares, agrega o sinal de vários equipamentos e assim melhora a qualidade do sinal individual, diferentemente das antenas de celular que necessitam manter intervalos de espaços iguais para o equilíbrio da rede. Resulta em economia de energia elétrica por manter com maior precisão a distribuição da conexão para cada um dos dispositivos na rede.

Os primeiros testes dessa tecnologia serão feitos ainda neste ano na cidade de San Francisco, com previsão inicial para uso comercial em 2015 e compatibilidade com todos os tipos de computadores, tablets e smartphones que permitam conexão móvel.

Fale Conosco

Nome

E-mailAssunto

Mensagem




0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×