Seg - Sex 07:00-20:00
Seg - Sex 07:00-20:00

LGPD – Você sabe do que se trata?

Manter a segurança no universo virtual é fundamental, já que a rede está sempre cheia de pessoas mal intencionadas em busca de dados que possam “auxiliar” a tirar vantagem de internautas inocentes ou desprevenidos, o que torna necessária a criação de políticas preventivas como, por exemplo, a LGPD.

No último ano, o Brasil foi o quarto país dentre os da América Latina em número de ataques de vírus e roubo de dados e no início de 2019, não foi muito diferente. Esse cenário abriu espaço para muitas discussões sobre como proteger os usuários e garantir que eles tenham privacidade e segurança.

O que é a LGPD?

LGPD é a sigla para Lei Geral de Produção de Dados, que se baseia em uma política de segurança virtual que foi posto em vigor no ano passado pelos territórios do continente europeu, o Regulamento Geral de Produção de Dados que tem influenciado países do mundo todo.

A Lei foi publicada em agosto de 2018, porém entrará em vigor apenas em fevereiro de 2020, após um intervalo de dezoito meses dedicados a ajustes e para a adaptação das empresas em relação as novas regras, já que a LGPD posta em prática pode vir a trazer alterações consideráveis nas rotinas empresariais.

A nova lei pode afetar principalmente as empresas de e-commerce, que deverão realizar alterações entre as políticas de privacidade, respeitando totalmente os direitos do usuário no momento de fazer transações e vendas.

LGPD demanda que haja alterações na forma de se constituir um contrato de termos de uso em empresas que trabalhem com negociações virtuais, onde o usuário deve aceitar de livre espontânea vontade compartilhar dados com o site em questão.

A lei também garante que o controle do uso de seus dados seja total direcionado ao internauta, dando a ele a possibilidade de escolher quais dados deseja compartilhar e também assegura o direito de cancelar o consentimento de compartilhamento de dados, que passam a ficar protegidos e impossibilitados de uso indevido a partir de então.

Outro benefício que a LGPD traz aos usuários é a exigência de que os contratos sejam o mais claros possível para que nenhuma ação de má fé possa acontecer nas entrelinhas, para que quem desejar fazer qualquer transação tenha total ciência de seus direitos e de como defender seus dados de ataques mal intencionados na internet.

Aqui no nosso blog você fica por dentro de todas as políticas de segurança na internet e mais outras novidades do universo tecnológico.