Seg - Sex 07:00-20:00
Seg - Sex 07:00-20:00

Microsoft anuncia serviço do Windows Azure em datacenter no Brasil

Windows Azure

Na semana passada, a Microsoft anunciou um novo investimento no Brasil que trata da operação do Windows Azure, serviço de computação da Microsoft em nuvem (cloud computing), onde empresas brasileiras e latino-americanas terão a possibilidade de armazenar dados e aplicações em datacenter localizado no Brasil, com previsão de início dos serviços disponíveis a partir do primeiro semestre de 2014. Mariano de Beer, presidente da Microsoft Brasil, diz que o país será o centro da região de produtos e soluções Microsoft.

Segundo Beer, atualmente o Windows Azure possui em torno de 3,5 mil clientes brasileiros desde pessoas físicas até grandes empresas.

Ainda não foi divulgado o local em que o datacenter da empresa será instalado, sabe-se apenas que será em um imóvel locado no Estado de São Paulo com equipamentos e operação da Microsoft no cuidado de não prejudicar com o crescimento de demanda.

Steven Martin, gerente geral do Azure, deixou no ar que a Microsoft pretende criar uma operação voltada para a região norte do Brasil.

A estimativa de investimento gira em torno de US$ 1 bilhão em operações do serviço, mas não se sabe qual parcela desse valor será aplicada no Brasil, o que se espera é um aumento na capacidade de atendimento do datacenter em questão, bem como no número de clientes.

Será disponibilizado ao serviço o suporte no idioma português com plano de atendimento 24x7x365 (vinte e quatro horas por dia, nos sete dias da semana durante o ano todo) para nuvens privadas e híbridas, com a promessa de aumentar a velocidade de acesso aos dados entre 10 a 20 vezes a mais comparada com a atual.

O Windows Azure recebe cerca de 1.000 clientes novos por dia, desses 54% são do ranking da Fortune 500, revista de negócios americana que publica a lista anual de empresas por faturamento. Em torno de 170.000 sites já usam o serviço para o armazenamento de dados.

Além de suportar máquinas virtuais Windows, o serviço atende também Linux, Haddop e SQL Server, além de plataformas abertas como Joomla, Dupral e WordPress. Para quem trabalha com desenvolvimento em Java, Pyton, PHP, .NET e Node.js é possível obter gratuitamente as ferramentas de comando e os SDKs (em inglês, Software Development Kit – pacote de desenvolvimento de software) necessários acessando o site do Windows Azure.

 

Leave a Reply