Main menu

(11) 3717-5537

(11) 3090-5537

Pesquisa demonstra que mulheres usam a internet de forma segura

10/03/2014
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Mulheres

A Kaspersky Lab, empresa produtora de softwares de segurança para internet, em parceria com a Universidade de Wuerzburg, na Alemanha, realizaram uma pesquisa em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, data esta marcada por luta de igualdade e independência, a fim de mapear as diferenças comportamentais entre mulheres e homens no uso da internet e demonstrar os motivos pelos quais as mulheres se comportam de forma mais segura.

O tempo de navegação entre ambos não se diferencia, muito pelo contrário, acabam apresentando a mesma duração.  O que faz com que as mulheres sejam mais precavidas que os homens é a origem do conteúdo que está sendo acessado. Tendem a fazer parte do universo masculino a procura por entretenimento, jogos e conteúdos sexuais, enquanto elas buscam mais interação com amigos ou algum parceiro romântico. Desta maneira, o comportamento de cada um pode trazer ou não um risco maior de infecção ao visitar certos tipos de sites.

O pesquisador da Kaspersky, David Emm, é bem categórico em dizer que não é o conteúdo do site por si só visitado que traz risco, e sim, a atração dele a um número elevado de visitantes, fazendo com que os criminosos da internet se aproveitem dos grandes fluxos gerados pelas vítimas potenciais.

Como a nossa mente também tem o seu mecanismo de proteção, a vítima se sente mais confortável em reclamar de um site bancário do que ser infectado por um destes sites maliciosos e também recorrer a uma reclamação.

A recomendação é sempre ter um aplicativo de antivírus instalado e atualizado em qualquer equipamento que esteja conectado à internet, seja para mulheres e principalmente no caso dos homens, que geralmente apresentam comportamento de ignorar riscos que podem acabar gerando ações irreparáveis.

 

Fale Conosco

Nome

E-mailAssunto

Mensagem




0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×