Main menu

(11) 3717-5537

(11) 3090-5537

Novo hábito no uso de laptops, smartphones e tablets: assistir TV

17/10/2013
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

tvO ConsumerLab, setor da Ericsson responsável pelo estudo de comportamento do usuário, fez uma análise do perfil do usuário global em relação aos hábitos de assistir TV e vídeo. Cerca de 15 mil pessoas foram entrevistadas online em 15 mercados diferentes, incluindo o Brasil, revelando que 62% dos pesquisados acham que o hábito de assistir TV com horário determinado pelas operadoras não se adequa mais ao seu cotidiano.

De acordo com Júlia Casagrande, especialista da área de ConsumerLab da Ericsson no Brasil, “Isso demonstra que telespectadores de todas as idades estão adotando hábitos diferentes dos tradicionais: não estão mais restritos a ficar sentados à frente da televisão esperando o horário de seu programa favorito começar. Os consumidores estão cada vez mais usando novos serviços para conseguir assistir seus programas favoritos em seu tempo livre, seguindo sua própria agenda.”

De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 59% no número de horas usadas semanalmente para ver TV e vídeo fora de casa através do laptop, um acréscimo de 1,4 para 2,2 horas. Nos tablets o aumento foi de 39% e smartphones 8%. O resultado da pesquisa revela também que 92% dos entrevistados assistem à televisão convencional em casa, sendo que 19% começam a assistir fora de casa e continuam a assistir quando retornam às suas residências.

Dos entrevistados brasileiros, 69% disseram que o computador e a internet fazem parte de seus hábitos assim como consumo de TV e vídeo. Segundo Júlia, “É como se eles entendessem isso como algo que já está enraizado em seu dia a dia. Além disso, a pesquisa também identificou uma demanda maior pelo chamado fenômeno multitela, já que 68% gostariam de ter acesso a todo o conteúdo de TV e vídeo em múltiplos dispositivos, o que significa poder assistir ao mesmo programa, por exemplo, em sua televisão, tablet e smartphone”.

A pesquisa foi baseada sob duas formas de amostragem: a quantitativa, que compreendeu de pessoas com conexão de banda larga de internet e que assistem qualquer tipo de conteúdo tanto de televisão como em vídeo pelo menos uma vez por semana, e a qualitativa, com pessoas que possuem vários dispositivos diferentes como laptop, smartphone e tablet com boa conexão de internet.

Fale Conosco

Nome

E-mailAssunto

Mensagem




0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×